“NINGUÉM PODE TE OUVIR” é exibido na Universidade Estácio do Rio de Janeiro

Na última terça, dia 14 de novembro, aconteceu na Universidade Estácio do Rio de Janeiro o evento “NuCineClube” com o tema “Dia do Terror” onde três curtas-metragens de suspense foram exibidos.

O meu primeiro curta-metragem “NINGUÉM PODE TE OUVIR” foi um dos escolhidos para o evento. Abaixo você confere o cartaz do evento.

23758349_1715356161839105_2123284018_n

Confira agora a reportagem especial do MGTV sobre cineastas para o quadro “Meu Talento”

É com muita honra e alegria que compartilho esta reportagem mais que especial feita pelo MGTV da Rede Globo, sobre o tema cineastas para o quadro “Meu Talento”.

Ser reconhecido como uma pessoa da arte, me engrandece e me deixa motivado a seguir este caminho árduo, mas maravilhoso da sétima arte.

Clique no link abaixo e confira a reportagem completa no site do G1:

http://g1.globo.com/mg/centro-oeste/mgtv-1edicao/videos/t/edicoes/v/quadro-meu-talento-mostra-trabalho-de-cineasta-em-divinopolis/6074512/

Balanço Geral: CARONA, o curta-metragem que deu o que falar em todo o Brasil

Sim o curta-metragem CARONA, lançado há alguns meses na cidade de Divinópolis-MG e já disponível em meu canal no youtube, chegou a impressionantes números. Vale ressaltar, que foi um projeto independente e com investimentos próprios de apenas 50 reais.

Foram mais de 58 matérias em diversos portais de comunicação, tanto regionais, quanto nacionais. As notícias sobre o curta-metragem ultrapassaram as barreiras do estado de Minas Gerais, chegando a outros estados como São Paulo, Brasília, Florianópolis dentre outros.

É realmente gratificante ver um trabalho feito com tanto carinho e dedicação, receber todo esse apoio e reconhecimento.

1

2

3
Os links para assistir as matérias e entrevistas no youtube se encontram no menu “Mídia e TV” aqui no Blog

5

6

Confira abaixo, a entrega dos brinquedos no Lar das Meninas:

Para mim, e acredito que para todos que fizeram parte da equipe, resta apenas agradecer. O curta nasceu com a intenção de fazer a arte ter vida em nossa cidade e em nosso país, mas ele foi mais que isso, ele solidificou em nós a certeza que não podemos viver sem a cultura, que não podemos nos reconhecer sem ela.

Abaixo você confere na íntegra o curta-metragem CARONA:

Confira o eBook da Mostra de Cinema Digital de Uberaba, onde o meu primeiro curta-metragem “NINGUÉM PODE TE OUVIR” foi selecionado

Sim, o eBook da Mostra de Cinema Digital de Uberaba está disponível. Ele contém todos os filmes que foram selecionados na mostra e é a comprovação máxima do evento.

O meu primeiro curta-metragem “NINGUÉM PODE TE OUVIR” foi selecionado e concorreu na categoria Júri Popular. A mostra ocorreu nos dias 20, 21 e 27 de fevereiro de 2016.

Abaixo você confere o link de acesso ao eBook.

http://online.fliphtml5.com/hkky/pjkp/

E se você ainda não assistiu ao curta-metragem NINGUÉM PODE TE OUVIR, dê o play e confira este suspense nacional carregado de sangue.

Oficina ANCINE “Do planejamento à execução do objeto” é realizada em Belo Horizonte

Nesta segunda, dia 12, aconteceu no “Idea – Espaço Cultural” em BH, a oficina “do planejamento a execução do projeto”, realizada pela Associação Curta Minas em parceria com a ANCINE (Agência Nacional do Cinema).

O intuito da oficina foi preparar, informar e auxiliar a execução de projetos audiovisuais.

Abaixo segue o meu certificado de participação!

 

certificado-seminario-audiovisual-e-mercado
Certificado fornecido após a oficina.

Matéria especial sobre o curta-metragem CARONA feita pelo programa TV SHOW

Neste sábado, dia 03 de dezembro, foi ao ar mais uma matéria linda sobre o curta-metragem CARONA produzida pelo programa TV SHOW que é exibido pela TV Candidés.

Na ocasião, conversamos sobre a história, o sucesso do curta-metragem, a entrega dos brinquedos para as crianças do Lar das Meninas e meus projetos futuros.

Confira abaixo a matéria na íntegra.

Academia Internacional de Cinema

Muitas pessoas me perguntam onde estudei cinema e por isso venho compartilhar essa alegria com vocês. Sim, alegria, amor, vida, essas palavras descrevem o que o cinema é em minha vida. Sempre quis estudar cinema, mas por questões financeiras e algumas outras referentes a minha vida (fui diagnosticado com um câncer raro aos 22 anos de idade) tive que postergar e reorganizar as minhas prioridades.

Por isso, primeiramente logo após o fim do tratamento, iniciei a graduação em Comunicação Social com ênfase em publicidade e propaganda, pois era o que estava mais próximo de mim, e de minha realidade naquele momento.

Porém, o meu amor pelo cinema vem desde que me entendo por gente. Antes mesmo da graduação e do câncer que me acometeu, eu já havia vivenciado algumas experiências com o mundo da arte como participar de mostras de cinema (como a Mostra Cine BH de 2009) e viver envolvido com pessoas da arte pois morei 5 anos em BH capital, e convivia muito com pessoas ligadas ao teatro.

Foi então que após a graduação consegui um contrato com uma empresa de grande porte em minha cidade e graças a isso, pude planejar minha ida ao Rio de Janeiro viver o tão sonhado sonho de fazer um curso voltado ao cinema. Sim, aguardei quase 30 anos para poder viver isso (e digo quase pois eu tinha 30 quando efetuei o curso mas como seria exagero eu dizer que desde o 1º ano de vida eu queria isso, então resolvi descontar uns aninhos rs).

20160105_135405-1
“A chegada”, primeiro dia na academia

Em meio as férias de uma especialização em Marketing que ocorreu em janeiro deste ano, pude viver por um mês na cidade maravilhosa e realizar o tão esperado sonho. Sim, foi um mês imersivo, entregue a sétima arte. Não fui com outra intenção a não ser a de viver o cinema ao máximo (mesmo tendo todos os chamariz que uma cidade como o Rio tem, não me dispersei no foco de me entregar completamente ao curso).

O curso (de classificação livre) contém 155h de carga horária, ou seja, foi realmente uma intensa imersão. Com aulas de 9 às 18 e uma hora de intervalo para o almoço. Logo na primeira semana recebi uma notícia MARAVILHOSA, meu roteiro (uma homenagem ao gênero de suspense, intitulado NINGUÉM PODE TE OUVIR) havia ficado entre os dois mais votados para ser realizado durante o curso, e entregue como produto final dele. Foram selecionados cinco roteiros e ter o meu entre os dois mais votados foi algo realmente surreal para mim.

20160122_225014
Luz, cãmera, ação: dia de filmagem do curta-metragem NINGUÉM PODE TE OUVIR

O curso caminha por todas as áreas do cinema (roteiro, fotografia, som, direção de arte, direção de atores, produção, montagem, mixagem / correção de cor e direção). Ao final, como produto de conclusão, entregamos um curta-metragem que é exibido na academia e aberto ao público e convidados.

Sim, foi uma experiência fantástica, uma das mais fantásticas da minha vida. Descobri o significado de “quando se faz o que ama, não é trabalho, é satisfação”. Cinema para mim é isso, satisfação permanente, um amor sem medida. Poder dar vida a uma história e vê-la se materializar na grande tela, é uma sensação indescritível, uma realização inenarrável.

Ao fim do curso, recebemos um certificado em papel especial da academia, que vale como comprovação do curso de imersão e portfólio.

20161128_101417
Certificado de conclusão de curso

 

Por fim, só tenho que agradecer, agradecer a DEUS por me propiciar a realização deste sonho. Sem sombra de dúvidas, após a cura do câncer, viver o cinema foi o segundo maior presente que eu poderia receber.

Viva o cinema, viva essa forma divina de contar a vida!

 

CARONA, um curta-metragem feito com amor!

Gostaria de agradecer a mídia no geral e a todas as pessoas que apoiaram o projeto CARONA.

Muitas matérias e notícias ganharam os portais de comunicação de toda a cidade e de todo o Brasil. As notícias sobre o curta-metragem, que foi feito com amor à arte e investimentos de 50 reais, chegaram a 7 estados brasileiros além de Minas Gerais (Mato Grosso, Rio Grande do Sul, Rondônia, Florianópolis, Brasília, Manaus, São Paulo).

Fica aqui a prova de que quando se quer algo é preciso correr atrás e fazer o seu melhor, independente do que as pessoas possam falar (e sim, houve críticas e desestímulos partindo de pessoas que eu jamais imaginaria).

Estamos passando por um momento estranho no mundo, onde o individualismo, a intolerância, a falta de amor (a vida, ao próximo) está se sobressaindo. Mas acredito que o CARONA me provou que ainda existem pessoas que querem fazer a diferença, que querem fazer do AMOR a válvula propulsora para todo o bem que se pode ter na vida.

Sim, o CARONA foi um presente para todas as crianças que receberam os mais de 150 brinquedos arrecadados na campanha de doação, mas também foi um presente para mim e para todos da equipe que acreditaram no projeto e posso garantir, não há dinheiro que pague a REALIZAÇÃO e o RECONHECIMENTO conquistados através de um projeto que tinha uma única meta, fazer por amor, promover o amor e compartilhar o amor em todas as suas esferas.

Obrigado a toda equipe por ter acreditado nessa “doce loucura” proposta por mim, tenho certeza que esta CARONA foi especial para todos nós!

agradecimento

 

CARONA, o curta-metragem que deu o que falar!

No dia 06 de outubro ocorreu o lançamento do curta-metragem CARONA no Centro Universitário UNA na cidade de Divinópolis-MG.

Com a casa cheia, muita pipoca e guaraná e outras delicias o curta foi exibido por quatro vezes, isso mesmo, quatro vezes.

Abaixo você acompanha um pouco do que rolou por lá!

Fotos: Rapha Drummond e Alisson Resende

No dia 10 de outubro, ocorreu a entrega dos brinquedos arrecadados no lançamento do curta-metragem para o LAR DAS MENINAS. Ao todo, foram mais de 150 brinquedos que contribuíram com a alegria de toda a criançada. Abaixo você confere o vídeo do dia da entrega:

Cobertura de lançamento do curta-metragem CARONA

O Jornal FOLHA NACIONAL CULTURA, marcou presença no lançamento do curta-metragem CARONA e você pode conferir tudo o que rolou neste grande dia. Casa cheia, pessoas especiais e muita gratidão!