DENTRO é selecionado para festival internacional na Índia

O curta-metragem DENTRO, roteirizado e dirigido pelo cineasta mineiro Alisson Resende, foi selecionado para o Festival Internacional de Cinema de Shorts de Delhi, na Índia. O filme vai concorrer em quatro categorias: melhor filme, melhor diretor, menção honrosa do júri e menção especial do Festival. A sétima edição do Festival será no dia 28 de outubro, em Delhi, a segunda maior cidade da Índia.

O Festival é realizado desde 2012 pela Miniboxoffice para estabelecer uma indústria de curta-metragem paralela ao cinema comercial. Foram selecionados curtas-metragens e documentários com abordagens pensativas e criativas de todo o mundo.

“ O DENTRO é o meu trabalho mais maduro, mais intenso. O filme recebeu 4 indicações, entre elas a de melhor diretor e melhor filme em curta-metragem. Estou ansioso e confiante. Espero representar o meu país e estado da melhor forma possível” – Alisson Resende.

O filme DENTRO foi gravado em Divinópolis em dezembro do ano passado. O curta é um suspense psicológico narrado por uma personagem que vive momentos de medo, angústia e tensão ao se ver presa pela escuridão. Todas as cenas foram gravadas em dezembro do ano passado em um galpão escuro, sem iluminação. Para conduzir a história vivida pela personagem o cineasta utilizou uma iluminação bem restrita e planejada: 90% da luz foi com o uso de uma lanterna de celular, apenas a cena final (a batida da porta) foi produzida com um led. Foram aproximadamente 4 horas de gravação e toda a produção do filme foi independente. O cineasta Alisson Resende foi o responsável por todas as etapas do curta-metragem, do roteiro à edição.

“Ter um filme selecionado em um festival é sempre gratificante. Ter um filme de
produção independente e baixíssimo orçamento selecionado por um festival
internacional é mais gratificante ainda pois aprova e certifica a qualidade do
trabalho realizado. Acredito que o sucesso da história se deve pelo fato dela
retratar um sentimento universal, e é justamente por isso que o filme foi
selecionado por um país com cultura tão distinta da nossa. Não importa qualquer
diferença cultural, a dor e os escuros da alma são sempre universais’ – Alisson
Resende.

O lançamento do filme foi em março deste ano no Teatro Municipal Usina
Gravatá, em Divinópolis e, contou com a presença do Secretário Municipal de
Cultura, Osvaldo André de Mello. Ao saber da exibição do curta na Índia o
secretário comemorou a projeção de Divinópolis em outro país.

“A participação do filme divinopolitano na Índia projetará nossa idade e
encontrará, certamente, a recepção ideal de uma cultura sensível à
espiritualidade, aos mistérios da vida, aos desiquilíbrios que podem encontrar
equilibração. O curta DENTRO, do jovem cineasta divinopolitano, Alisson
Resende, com a talentosa atriz Ruth Flôres, investiga os meandros do inconsciente
e da mente. Linguagem impactante, a serviço da apreensão do máximo drama no
mínimo tempo. A medida exata do tempo cinematográfico…” – Osvaldo André de
Mello

Por meio da personagem Bárbara, interpretada pela atriz Ruth Flôres, o
filme aborda sentimentos do dia a dia, como a depressão, tristeza, insegurança,
dúvidas e solidão. O DENTRO foi o primeiro trabalho da atriz no cinema, uma
estreia marcada pelo reconhecimento do público.

“Eu me sinto honrada e emocionada por atravessar fronteiras junto ao DENTRO
e levar essa obra para outros países. Existe uma necessidade de tratarmos do tema
com sensibilidade e amor e, receber o reconhecimento da grandiosidade desse
trabalho além do território brasileiro é imensamente satisfatório”. – Ruth Flôres
Desde o lançamento, o curta-metragem tem sido bastante reconhecido. Em
julho, o DENTRO foi avaliado pela Videocamp e recebeu nota máxima de 5.
A plataforma reúne filmes que abordam causas urgentes e dá preferência às
produções que ampliam o olhar do espectador para temas sensíveis, promovendo
um mundo mais justo, solidário, sustentável e plural.

“Meu desejo é que o DENTRO seja exibido em muitos lugares e que as pessoas
consigam aprender com a história abordada. Tem muitas pessoas presas, sem
saber o que fazer e como agir. E o filme mostra que sempre haverá uma saída,
uma luz. Eu acredito que o filme ensina a lidar com os nossos próprios medos,
então, quanto mais ele for exibido mais pessoas terão a chance de se encontrar”
– Alisson Resende.

Alisson Resende também é roteirista e diretor dos filmes ‘Ninguém Pode
te Ouvir’, gravado no Rio de Janeiro, ‘Carona’ e ‘Hands’, gravados em
Divinópolis.

PÔSTER-OFICIAL-DENTRO DELHI

Anúncios

Confira abaixo a crítica do escritor e psicanalista “Eduardo Lucas Andrade” sobre o filme DENTRO

O curta-metragem de Alisson Resende é tocante, nome certeiro e de uma profundidade que da vontade de adentrar na sombria cena. O curta tem bem aventurado trabalho de transmissão e faz sentir a angústia desassossegando o espectador a uma instigante expectativa de salvar a personagem, que presa, está presa em si mesma, pedindo gritantemente de forma repetitiva e sem força para dali sair. Sair de si? Ou sair do sofrer psíquico que aprisiona sem o pensamento saber o porquê? Sua força são gritos no interno, é linguagem que goteja, é pedido de socorro que não sai com tamanha potência conforme gritado; sai pelas brechas da porta encaixada – mas sai despedaçando a imagem do que fala.

A angústia aprisionada sem a possibilidade de se ver, sem a possibilidade de não ser mais que um sentir-se encolhido no calabouço da solidão me faz pensar numa caverna de Platão da solidão. O espelho quebrado, irrefletido, desperdiçado. A perda da imagem para as sombrias angustias do ser é retratada.  O sujeito nas brechas da porta consegue sair apenas em parte, e apenas em parte o outro pode ajudar, pois quando ouvimos o sofrimento de alguém, escutamos apenas pormenorizadas sensações daquele sofrer, pois o mesmo, pela sua cortante vértice real não se partilha totalmente.

O curta aborda com firmeza a depressão, a retirada do sujeito de seu lugar e o suplício pela morte querendo acabar com a dor que a assola. O suicídio é tema tocado e fica nítido que ele conforme possibilitado no curta é alternativa do sujeito que quer acabar com o insuportável que está acabando com ele, não com a vida. Quer sair! É curta, mas parece longínquo, pois angústia retarda a relatividade do tempo, para quem sofre minutos são horas. O de dentro precisa respirar, sair, daí cortes os cortes feitos por adolescentes, daí corações indo à goela em batidas de vida que ao irem no limite mais parecem morte.

A abertura da aorta causa medo, o mesmo podemos dizer da porta. Sair, mas o que espera do lado de fora? Como foi parar ali? Quem poderá ajudar? A vontade de ajudar que o suspense coloca é justamente o ponto dentro – não criticar, não julgar, acolher e ofertar saídas é que podem ser pontos de ajuda viva! Somos todos bebês desamparados frente a forca psíquica da clausura.

A excelente atriz, Ruth Flôres que atuou como Bárbara vestiu a angústia a sério, pois este sinal de alerta é justamente um grito que traz tentativas de se reviver! Bárbara, feliz nome elegido, pois é bárbara aquela pessoa que luta com as amarguras da vida tentando sair e erguer-se das caídas da vida!

Eduardo Lucas Andrade, escritor e psicanalista.

crítica

Confira uma matéria especial sobre o filme DENTRO

Os estudantes de jornalismo da UEMG Alecsander Alves e Allan Alves fizeram um projeto denominado VITRINE e seu episódio de estreia foi sobre o meu novo filme DENTRO. Estou agradecido e honrado pelo excelente trabalho.

DENTRO é um grande filme feito de forma independente, com muita qualidade, entrega e amor e vocês conseguiram retratar isso nesse trabalho.

Sobre o Vitrine:

O VITRINE é um projeto experimental de um programa para web que busca expor o trabalho de artistas e pessoas ligadas à cultura, do município de Divinópolis e região. Realizado por alunos do 7º período de Jornalismo da UEMG.

DENTRO ganha reportagem especial no MGTV

O meu novo filme em curta-metragem DENTRO ganhou uma reportagem especial no MGTV 1ª edição da TV Globo.

Estou muito feliz com toda a receptividade que meu novo filme tem tido pela mídia no geral.

No link abaixo você confere a reportagem no site do G1.

Clique aqui: Cineasta de Divinópolis grava curta-metragem de suspense na cidade

Conheça “DENTRO”, a minha nova história em curta-metragem

DENTRO é a minha nova história em curta-metragem, um suspense psicológico onde a escuridão é a maior protagonista.

Confira a sinopse:

Uma jovem mulher se encontra presa dentro de um quarto escuro. Em meio aos gritos de pedido de socorro, uma fresta de luz parece ser o fim da sua clausura, ou não.

site

DENTRO (Curta-metragem)

site

CENA 1 QUARTO/ INT./NOITE

BÁRBARA:
Que isso, porque que está tudo escuro? (Aflita)
Onde estou? (Respiração ofegante)
Me tira daqui, me tira daqui (Aos berros)

O escuro persiste, sons da gosta d’água contrastam com a respiração ofegante de Bárbara.

BÁRBARA:
Eu não gosto do escuro, porque você me trancou aqui.
Me deixa sair, me deixa sair!

Bárbara insiste em ser libertada, mas sem sucesso. Na verdade ela ainda não sabe se está ou não acompanhada neste ambiente escuro.

BÁRBARA:
Tem alguém aqui?(Voz trêmula)
Me responde,
tem alguém aqui?(Voz alterada)

Não adianta, Bárbara realmente parece estar só. O ambiente escuro e frio com os sons da goteira d’água começam a incomodar, o som da goteira começa a enlouquecer Bárbara.

(TRECHO RETIRADO DO ROTEIRO)

Confira minha participação no programa AGORA NA TV onde pude falar sobre os meus trabalhos no cinema

No último sábado dia 17, foi ao ar minha entrevista ao programa AGORA NA TV que é exibido na TV Alterosa/SBT.

Na entrevista pude falar um puco sobre meus trabalhos no cinema e também sobre o Festival do Minuto onde o curta-metragem CARONA está concorrendo com um vídeo de 1 minuto dos melhores momentos do curta.

Confira abaixo esta entrevista/homenagem já que fui o escolhido para representar o dia nacional do cinema em minha cidade.

 

 

Curta-metragem CARONA ganha versão de 1 minuto e participa do “Festival do Minuto” de São Paulo onde concorre em duas categorias

O curta-metragem CARONA ganhou uma versão de apenas 1 minuto. O vídeo resgata os melhores momentos desta história que encantou e movimentou os portais de comunicação de todo o país.

No Festival do Minuto o CARONA concorre em duas categorias: “Tema livre” e “Trajetos Urbanos”. O vencedor irá levar para casa o Troféu do Minuto.

Os envios de vídeos para o festival se encerram dia 31 de julho e posteriormente deverá ser divulgado o resultado. Estamos na torcida!

Abaixo você confere o link para acessar o site e votar no curta-metragem CARONA.

http://festivaldominuto.com.br/pt-BR/contents/40732

Matéria especial sobre o curta-metragem CARONA feita pelo programa TV SHOW

Neste sábado, dia 03 de dezembro, foi ao ar mais uma matéria linda sobre o curta-metragem CARONA produzida pelo programa TV SHOW que é exibido pela TV Candidés.

Na ocasião, conversamos sobre a história, o sucesso do curta-metragem, a entrega dos brinquedos para as crianças do Lar das Meninas e meus projetos futuros.

Confira abaixo a matéria na íntegra.